Devolução dos contratos de concessão

Mariana

Mariana Guimarães

Advogada egressa do Vernalha Pereira

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

[vc_row][vc_column][vc_empty_space height=”18px”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Publicado no portal JOTA

A relicitação como uma alternativa à extinção das concessões por caducidade

Em meio à crise abrupta que assolou (e ainda assola) a o país, o Governo Federal editou a Medida Provisória nº 752/16, convertida na Lei nº 13.448/17, prevendo a possibilidade de  devolução  de  contratos de PPP e sua inclusão no procedimento de relicitação. A figura, assim definida pela lei, nada mais é do que o “procedimento que compreende a extinção amigável dos contratos  de parceria” (Lei nº 13.488/2017, art. 4º, III).

A norma pretende atingir as denominadas concessões inviáveis, em que há inadimplência  ou dificuldade da concessionária em honrar seus compromissos. Nada mais é do que uma medida preventiva para viabilizar a…

[/vc_column_text][vc_empty_space height=”18px”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/3″][ult_buttons btn_title=”Leia o artigo completo” btn_link=”url:https%3A%2F%2Fjota.info%2Fartigos%2Fdevolucao-dos-contratos-de-concessao-02112017||target:%20_blank” btn_title_color=”#ffffff” btn_bg_color=”#e87714″ icon=”Defaults-plus” icon_size=”14″ icon_color=”#ffffff” btn_icon_pos=”ubtn-sep-icon-right-push” btn_font_family=”font_family:Open Sans|font_call:Open+Sans” btn_font_size=”14″ btn_font_style=”font-weight:normal;font-style:normal;”][vc_empty_space height=”18px”][/vc_column][vc_column width=”1/3″][/vc_column][vc_column width=”1/3″][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Fonte: JOTA[/vc_column_text][vc_empty_space height=”18px”][/vc_column][/vc_row]

Leia também

Assista aos vídeos